Ginecologia tem papel fundamental na prevenção contra infertilidade

06/11/2017

O acompanhamento ginecológico desde a primeira menstruação é fundamental na preservação da fertilidade da mulher, que envolve desde o acesso a informações sobre doenças sexualmente transmissíveis até tratamentos de tumores no sistema reprodutivo. 

“Além do diagnóstico de doenças, o ginecologista também pode auxiliar a paciente em questões como planejamento familiar eficaz para evitar interrupções voluntárias de gestação, acompanhamento pré-natal e periparto para prevenir sequelas e aconselhamento reprodutivo sobre o fator idade da mulher sobre suas perspectivas reprodutivas”, ressalta Hitomi Nakagawa, médica especialista em reprodução humana da Genesis Brasília.

A conscientização sobre a interferência da idade na fertilidade feminina deve ser sempre lembrada pois, a partir dos 35 anos, a probabilidade da mulher engravidar começa a diminuir drasticamente. O ginecologista é o profissional que tem mais oportunidade de alertar a mulher sobre as chances  e riscos de uma gestação tardia.

“A divulgação de personalidades públicas tendo filhos na quinta década de vida tem trazido a falsa segurança de que a reprodução assistida poderá solucionar todos os casos de adiamento da gestação. Porém, isso pode frustrar aquelas pacientes que não aceitam a recepção de óvulos ou não tiveram informações sobre a preservação de óvulos no momento adequado. Por isso, cabe ao médico ginecologista desfazer mitos e informar sobre a preservação da fertilidade feminina em todas as etapas da vida”, pondera.

INFERTILIDADE - Um casal é considerado infértil quando mantém relações sexuais durante 12 meses sem prevenir com método anticoncepcional e não ocorre a gravidez. Os fatores que levam à infertilidade de um casal podem ser tanto masculinos quanto femininos. Por isso, cabe também ao ginecologista investigar as possíveis causas.

“Como cerca de 40% dos casos envolvem fatores femininos, o ginecologista deve atuar no rastreamento e direcionamento da melhor conduta para cada paciente, mesmo nos casos em que ocorre indicação de tratamento para infertilidade por fator masculino”, finaliza Hitomi Nakagawa.

GENESIS - Com 25 anos de atuação, a Genesis - Centro de Assistência em Reprodução Humana conta com profissionais especializados, formados nos principais centros acadêmicos do mundo para prestar serviços de excelência na área de reprodução humana assistida. Com uma ampla experiência, a equipe Genesis busca constantemente a qualidade em medicina reprodutiva agregando conhecimento e tecnologia e primando pela assistência ética, personalizada, com confidencialidade e foco no melhor resultado para cada caso.

 

Por Larissa Sampaio
Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

 

 

Informações de Contato

Endereço:
SHLS 716 - Cjto "L"
Centro Clínico Sul - Torre 1
Ala Leste - Salas "L" 328/331
Brasilia - DF

Email:
genesis@genesis.med.br

Telefax:
+55 (61) 3345-8030

A Clínica

CNPJ:
37137064/0001-49

Inscrita no CRM sob nº 2.1-DF 570-09

Responsável Técnico:
Drª. Hitomi Miura Nakagawa
CRM 4863 DF

Acompanhe nas redes sociais