Elaborado por pesquisadores da Universidade de Tel Aviv e da Universidade Hebraica de Jerusalém, um estudo descobriu que as refeições ao longo do dia (café da manhã, almoço e jantar, essencialmente) podem ter impacto positivo ou negativo para a fertilidade de mulheres com síndrome do ovário policístico (SOP). Para avaliar a hipótese, foram avaliadas 60 mulheres com o distúrbio.

A crescente inserção da mulher no mercado profissional, fruto da força dos movimentos feministas ocorridos ao longo da segunda metade do século XX, tem sido um fator determinante da remodelação de seu papel social e resulta em nítida tendência de se postergar a maternidade. Há estudos recentes demonstrando a expressiva multiplicação na proporção dos nascimentos em mulheres com 35 anos de idade ou mais desde a década de 1970, especialmente nos países desenvolvidos, onde se estima que tais eventos possam corresponder a mais de um quarto dos nascimentos até 2010.

 

O sonho de tornar-se mãe, comum a muitas mulheres, pode ser comprometido devido a uma má alimentação. De acordo com estudos, além de outros fatores como genética, uma dieta com uma quantidade adequada de carboidratos, proteínas e vitaminas muito contribui para a mulher na tentativa de engravidar – principalmente quando está em tratamento de reprodução assistida – e na busca por uma gestação tranquila – sem imprevistos.Ao evitar uma alimentação inadequada carregada de alimentos com álcool, cafeína e gordura trans, o organismo conquista uma condição nutricional que fortalece e normaliza a função reprodutiva.

 

Programa exibido em 28/08/2010

No programa Inclusão desta semana, especialistas explicam o fenômeno da infertilidade e apresentam como opção o uso de técnicas modernas de fertilização de baixa e alta complexidade, desde a inseminação artificial programada até a fertilização in vitro, conhecido por bebê de proveta. 
Fonte: Portal de Notícias Senado Federal

Assista aos vídeos:    Parte 1     •       Parte 2

O diagnóstico de infertilidade conjugal é estabelecido após tentativas frustradas de se obter uma gestação por período não inferior a um ano. Nesse tempo, acredita-se que aproximadamente 85% dos casais normais atingirão o objetivo da gravidez e apenas 10% não o atingirão sem o auxílio médico.

 

Assim como ocorre com a mulher, o passar do tempo pode ter influência na fertilidade do homem. Apesar de não ser o foco na maioria dos casos de infertilidade conjugal e não existir uma idade limítrofe para a incapacidade masculina de conceber, comprometimentos da motilidade e da forma dos espermatozóides, diminuição dos níveis de testosterona e alteração no desempenho sexual podem ser causas de resultados reprodutivos negativos.

Informações de Contato

Endereço:
SHLS 716 - Cjto "L"
Centro Clínico Sul - Torre 1
Ala Leste - Salas "L" 328/331
Brasilia - DF

Email:
genesis@genesis.med.br

Telefax:
+55 (61) 3345-8030

A Clínica

CNPJ:
37137064/0001-49

Inscrita no CRM sob nº 2.1-DF 570-09

Responsável Técnico:
Drª. Hitomi Miura Nakagawa
CRM 4863 DF

Receba nossas novidades!

Acompanhe nas redes sociais