logo facebookComeça nesta quarta-feira,na Bahia o XVIII Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida. O evento que se caracterizou como uma das maiores e mais importantes  oportunidades de reciclagem de conhecimentos da área de reprodução humana, contará com a presença de brilhantes profissionais internacionais,entre eles:
Dr.Tony Gordon, da Inglaterra,que abordará o tema: Testes Pré-natais invasivo e não invasivo utilizando Arrays e NGS (Next Generation Sequencing); Dr.Renato Fanchin, da França com o  tema - Androgênio: Combustível da foliculogênese?  e  Dr. Gery Harton, dos Estados Unidos que falará sobre Melhorando os resultados de gestação através da seleção de embriões: estudos randomizados e controlados (RCTs).

A clínica GENESIS estará presente na programação científica, nas seguintes atividades: 

Estimulação ovariana controlada
Coordenador: Dr. Adelino Amaral Silva 
O tratamento de infertilidade na paciente com endometriose
Coordenador: Dr. Adelino Amaral Silva
Aspectos médicos consensuais e conflitantes na nova resolução do CFM
Dr.Adelino Amaral da Silva 
Estratégias reprodutivas para pessoas que vivem e convivem com HIV/AIDS e hepatites virais –
Dr.Bruno Ramalho de Carvalho
Preservação da fertilidade em pacientes oncológicos :
Dr.Bruno Ramalho de Carvalho 
Síndrome de hiperestimulação ovariana
Dra.Hitomi Miura Nakagawa 

onocoA oncofertilidade é um campo de interesse interdisciplinar de surgimento recente, que busca mesclar os conhecimentos em oncologia e endocrinologia reprodutiva, com a contribuição das técnicas de reprodução assistida, para o desenvolvimento de estratégias de preservação da função reprodutiva e oferecer a possibilidade da maternidade (ou paternidade) biológica aos sobreviventes ao câncer.

Elaborado por pesquisadores da Universidade de Tel Aviv e da Universidade Hebraica de Jerusalém, um estudo descobriu que as refeições ao longo do dia (café da manhã, almoço e jantar, essencialmente) podem ter impacto positivo ou negativo para a fertilidade de mulheres com síndrome do ovário policístico (SOP). Para avaliar a hipótese, foram avaliadas 60 mulheres com o distúrbio.

 

O sonho de tornar-se mãe, comum a muitas mulheres, pode ser comprometido devido a uma má alimentação. De acordo com estudos, além de outros fatores como genética, uma dieta com uma quantidade adequada de carboidratos, proteínas e vitaminas muito contribui para a mulher na tentativa de engravidar – principalmente quando está em tratamento de reprodução assistida – e na busca por uma gestação tranquila – sem imprevistos.Ao evitar uma alimentação inadequada carregada de alimentos com álcool, cafeína e gordura trans, o organismo conquista uma condição nutricional que fortalece e normaliza a função reprodutiva.

O diagnóstico de infertilidade conjugal é estabelecido após tentativas frustradas de se obter uma gestação por período não inferior a um ano. Nesse tempo, acredita-se que aproximadamente 85% dos casais normais atingirão o objetivo da gravidez e apenas 10% não o atingirão sem o auxílio médico.

Informações de Contato

Endereço:
SHLS 716 - Cjto "L"
Centro Clínico Sul - Torre 1
Ala Leste - Salas "L" 328/331
Brasilia - DF

Email:
genesis@genesis.med.br

Telefax:
+55 (61) 3345-8030

A Clínica

CNPJ:
37137064/0001-49

Inscrita no CRM sob nº 2.1-DF 570-09

Responsável Técnico:
Drª. Hitomi Miura Nakagawa
CRM 4863 DF

Receba nossas novidades!

Acompanhe nas redes sociais